Me ajudem a identificar os pontos positivos de Hitler.?

Eu preciso saber o lado positivo de hitler, preciso de bastante conteúdo a respeito disso.

Se puderem me enviar um site com fotos da alemanha falida e humilhada com o término da 1 guerra mundial e após o tratado de versalhes, tb seria de grande ajuda!

É pra um trabalho da escola... um júri simulado.

12 Answers

Rating
  • 1 decade ago
    Best Answer

    Olá Isabela, temos uma diversidade de respostas, mas o que eu te aconselho é ler o livro escrito por ele mesmo chamado My Kampf(Minha Luta), o livro num é tão extenso e vc verá muitas coisas omitidas nos livros de história e nos sites de pesquisa que não são comentadas. Vou mandar o livro no formato de e-book para o seu e-mail. Bjos!!!!!!

    ah! e depois de ler o livro se tiver duvidas me contate por email.

  • Dêdê
    Lv 6
    1 decade ago

    Adolf Hitler nasceu no dia 20 de abril de 1889, cidade de Braunau na Áustria e morreu (suicidou-se) no dia 30 de abril de 1945 em Berlim na Alemanha. Sua infância viveu nas proximidades da cidade de Linz. Era filho de um funcionário público, que almejava o mesmo futuro para o filho. Quando falava de sua mãe era com grande sentimentalismo, costumava dizer que a única vez que chorou foi na ocasião da morte da sua mãe. Quando estudante fora um criador de motins, e sua leitura predileta era acerca de assuntos militares (guerra franco-alemã).

    Quando jovem revoltou-se com o seu pai e resolveu não seguir a carreira pública, quis ser pintor, ofício no qual não foi bem sucedido, pois não conseguiu ingressar na Academia de Belas Artes de Viena. Ingressou no exército, lutou na primeira guerra mundial na condição de cabo, conseguindo condecorações raras para sua simples posição.

    Quanto a suas idéias políticas, houve uma época que simpatizou com a social democracia devido ao sufrágio universal, que ameaçava a dinastia dos Habsburgo, a qual ele odiava. No entanto, não aceitava a ênfase dada a diferença de classes, negação da nação, religião, propriedade e moral...Seu ídolo era Otto Bismark, por ter unido a nação Alemã e ter lutado contra a dinastia Austríaca.

    Terminada a primeira guerra, é encarregado como funcionário da política de Munique de investigar o Partido dos Trabalhadores Alemães, pois tinha-se suspeita que este fosse comunista. Mas só que passada a primeira reunião Hitler já é um membro filiado do partido. E em 1920 lança as bases do Partido Nacional-Socialista dos Trabalhadores Alemães.

    O NAZI de onde advém a palavra tão conhecida NAZISMO. Em uma sociedade desestruturada pela guerra, com famintos e desempregados, lança sua plataforma de ação com um plano político e econômico baseado em 25 itens:

    1) reunião de todos os Alemães na Grande Alemanha;

    2) abolição do Tratado de Versalhes;

    3) reivindicação do espaço vital;

    4) definição de cidadão: só quem for de sangue Alemão;

    5) exclusão dos Judeus da comunidade Alemã;

    6) quem não for cidadão estará sujeito às leis dos estrangeiros;

    7) quem não for cidadão poderá ser expulso no caso de o Estado não estar em condições de assegurar alimentos à população Alemã;

    8) os cargos públicos estão reservados aos cidadãos;

    9) o direito e o dever de trabalho;

    10) a abolição das rendas não derivadas do trabalho;

    11) eliminação da escravidão do interesse;

    12) confisco dos lucros de guerra;

    13) nacionalização das industrias monopolistas;

    14) participação dos trabalhadores nos lucros das grandes empresas;

    15) incremento da previdência para a velhice;

    16) fortalecimento da classe média;

    17) reforma agrária;

    18) punição dos usuários, açambarcadores, traficantes do mercado-negro com a pena de morte;

    19) substituição do direito romano por um direito Alemão;

    20) reforma da escola num sentido nacionalista;

    21) proteção da mãe e da criança;

    22) criação de um exército popular;

    23) limitação da liberdade de imprensa e de arte;

    24) liberdade de credo religioso, desde que não contrarie a moralidade da raça germânica; 25) criação de uma forte autoridade central o Reich.

    Neste programa, acima, está clara a idéia de centralização do poder, e anti-semitismo, mas também devemos levar em consideração idéias muito coerentes como a da reforma agrária, previdência social, participação nos lucros e muitas outras já citadas. Nem todo projeto ou sistema é totalmente arbitrário e cruel. Quando Hitler em 1921, é nomeado presidente do partido, faz comícios, com o intuito de mobilizar as massas.

    Sendo que estas massas estão descontentes com o Tratado de Versalhes e a inflação exorbitante. É neste momento que ele tenta conquistar o governo da Baviera, falha e é condenado a 5 anos de prisão na fortaleza de Landsberg. Na prisão ele ficou apenas 9 meses, os quais foram suficientes para ele escrever as bases de sua doutrina, na obra intitulada “Mein kamff” (minha luta) idéias as quais já estão citadas nas 25 metas.

    Mas com a leitura da obra podemos dizer que ele dá maior ênfase a dois assuntos Raça e Terra. Ou seja o espaço vital, que mais tarde vai ser um pretexto para a guerra. Também podemos colocar como importante o fato de ele esboçar uma ditadura, quando fala da necessidade de uma mão forte que governe em nome de todos. Idéia que claramente contradiz o liberalismo democrático. E mostra a tendência ao autoritarismo que se torna fato anos mais tarde. Também não podemos somente chamá-lo de totalmente louco e mau certamente Hitler tinha idéias boas e coerentes.

    O pensamento social de Hitler: Como já afirmado não podemos depreciar uma pessoa sem saber qual as idéias ele cultiva. Hitler, na sua juventude, em Viena tinha um pensamento social como podemos ver na citação que segue: “Em frente ao exército de oficiais, superiores, funcionários públicos, artistas e sábios, estendia-se um exército ainda maior, composto de trabalhadores (...) uma pobreza atroz. Diante dos palácios(...) perambulavam milhares de sem trabalho e por baixo desta via triunfal da velha Áustria, amontoavam-se os sem tecto(sic), no lusco fusco e na imundice dos canais(...).” Nesta citação podemos ver a preocupação de Hitler, com a situação em que o povo encontrava-se, a pobreza, o descaso das autoridades. Isto também deve-se ao fato de ele fazer parte desta classe empobrecida e excluída.

    Além deste pensamento ele também primava por condições sociais sadias, educação porque somente quando se conhece é que se dá o devido valor, sendo que o tema em questão é a pátria Germânica. Dando continuação, podemos relatar mais um pouco de sua biografia. Depois da noite de 1933 quando ele toma o poder a vida de Hitler confunde-se com a do país. Ele viveu com a caixeira Eva Braun, que lhe foi fiel até na morte. Segundo o que dizem ele era indiferente ao luxo, não tinha vícios e exercia sobre as massas um poder hipnótico. No entanto quando em 1944 escapa de um atentado começa a mostrar um comportamento caduco, louco. Como exemplifica o fato de ele não sair mais de sua sala onde mata-se com um tiro deixando seu país derrotado e devastado.

    Ascensão ao Poder

    A república de Weimar, não consegue resistir a crise de 29. Por causa do desemprego, inflação, declínio de produção. Neste contexto o sistema presidencialista se reforça pois tem de atuar nos mais variados setores da economia, acumulando poderes em suas mãos, governado por decretos, pois não conseguia a maioria parlamentar. Paralelamente a esta centralização do poder, com receio dos comunistas, os grandes industriais dão apoio ao movimento de massas, o nazismo, principalmente, a pequena burguesia. Mas o governo ainda continua a subestimar a ameaça nazista.

    Hitler vai chegar ao poder por vias legais, conduzido pelas mãos do ex-chanceler Von Papen em 30 de Janeiro de 1933. Estavam certos de que Hitler seria submisso e que poderiam controlar o Nazismo. Foi este o erro, pois com poder político e com a morte do presidente Hindenburg, ele também assume o poder presidencial. E em seis meses o Fuher organiza o terceiro Reich. Desenvolvendo uma política monopartidarista. Uma política de repressão, onde ele acaba com a vida dos opositores, surgindo assim os famosos campos de concentração, onde a GESTAPO (polícia secreta) mandava os revoltosos para a morte sem contar os judeus que é outro capítulo. Assim o nazismo configura-se como um regime com uma forte ideologia.

    A Ideologia

    O nazismo se apoia na idéia de raça e sobre o conceito de comunidade do povo (Volksgemeinschaft). Quem não tinha sangue ariano, quem não tinha cosmovisão Germânica era considerado subhomem. Fica expresso o sentimento nacionalista e racista, que a ideologia nazista pregava. Mais tarde, se traduz na perseguição e morte dos não arianos, principalmente dos Judeus. A comunidade ou povo e a única forma de suprimir o individualismo e chegar ao nós, onde os direitos da pessoa não contam. O que conta é a nação, com suas leis e sua moral.

    O nazismo não seguiu uma idéia somente. Ele mesclou idéias de vários pensadores, como a filosofia de Friedrich Nietzsche, com sua concepção de super-homem. No entanto, não podemos afirmar que Nietzsche foi nazista. Suas idéias é que foram interpretadas segundo os interesses dos estudiosos nazistas.

    Essa interpretação do super-homem de Nietzsche como profeta do nazismo deve ser excluída do contexto de sua filosofia: o super-homem não é o nazista, mas o filósofo. O super-homem não é o homem forte, mas sim uma volta a concepção dionisíaca dos pré-socráticos, de amor a vida terrena. Vale salientar que Nietzsche e nazismo não foram contemporâneos. Também foram usadas idéias de Richard Wagner, quando exalta o povo Germânico, e as do Geógrafo Karl Haushofer que dizia ter, a raça dominante, direito ao espaço vital (isto será pretexto para as invasões expansionistas futuramente). Podemos dizer que a ideologia nazista se fundamenta em cima de alguns tópicos como: a superioridade racial, o anti-semitismo e uma propaganda bem elaborada.

    Superioridade Racial

    O nazismo usou de uma corrente científica a Eugenia, que estuda como melhorar geneticamente a espécie humana. Ela parte do princípio de que o progresso da biologia foi grande na área da botânica. Criam plantas híbridas, obtendo maior produtividade. Porque não aperfeiçoar o homem? Hitler percebeu que, na sociedade moderna, as pessoas menos aptas (surdos, retardados, loucos, deficientes...) tinham chances de sobreviver, pois as leis naturais que tratavam de retirar estes homens de circulação foram superadas pela tecnologia e medicina. Hitler vai querer eliminar estes sujeitos e criar seres perfeitos dentro do padrão ariano.

    Assim ele desacredita, a Eugenia pois tenta justificar o melhoramento da raça, matando judeus e não arianos puros. Como vimos Hitler vai concentrar seus argumentos na superioridade da raça ariana. Esta tem de ser pura, pois, quando misturada com outras raças entra em decadência. Para tanto, um dos atributos do Estado é assegurar esta pureza racial da nação a qualquer preço. Em uma explanação feita por Hitler no Mein Kanff ele diz: Observando a natureza vemos que os animais somente se acasalam com membros de sua espécie.

    É a lei de ouro da natureza. Esta é quebrada somente por coações externas, como o cativeiro que vai por exemplo, justificar o acasalamento de um tigre com uma leoa. No entanto, os descendentes destes nasceriam com anomalias genéticas (infertilidade). Pois a natureza segue o seu curso de aprimoramento da espécie, onde as anomalias são descartadas. Este processo natural, podemos ver, também no nosso dia-a-dia, onde os mais fracos sucumbem diante dos mais fortes. A natureza seleciona segundo força e saúde. Os nazistas aplicaram estas idéias evolucionistas de Darwin (1809-1882) ao povo ariano.

    Dizem eles, que, quando os arianos começaram a entrar em contato com outros povos inferiores, decaíram intelectual e fisicamente. A raça ariana é fundadora de civilização. Os povos asiáticos são portadores de civilização, pois somente absorveram a cultura ariana. Esta concepção, talvez, explique porque Hitler se uniu tão facilmente aos japoneses, na Segunda Guerra. Pois, segundo ele, os japoneses são um povo trabalhador com forte tradição nacional, muito parecidos com os alemães. Já os Judeus são a raça destruidora. Somente os alemães são dignos de dominar o mundo.

    Ele encontra um argumento na hipótese da seleção natural, de Darwin. Essa concepção constitui ainda um disfarce para função imperialista da ideologia fascista. Se os arianos são os únicos povos fundadores de civilização, podem reivindicar o domínio do mundo, em virtude do seu destino divino. Esta foi uma das justificativas ideológicas para as invasões alemãs, principalmente em direção da União Soviética.

    Esta grandeza racial também encobria interesses econômicos do capitalismo alemão que necessitava de mercados. Sempre no fundo de uma ideologia encontramos um teor material. Hitler vai fazer uma leitura da sociedade alemã, onde critica a mistura do sangue alemão com o Judeu. Por isto ter acontecido é que surgiu a peste judia que tenta suplantar a raça ariana. A pureza racial é o maior desejo, e deve-se lutar por ela, não importando os meios que sejam usados. Neste contexto de superioridade racial a mulher tem importância como produtora de novos arianos.

    A mulher nazista era representada como guardiã da raça ariana. A pedagogia nazista para a mulher não ia além, pois, de prepará-la para a maternidade. O conhecido lema dos K - kinder (criança), kirche (igreja), kürche (cozinha). Esta visão muda somente em 1941, quando, devido à guerra, as mulheres são recrutadas para trabalhar nas industrias. Em 1935 são criadas as Lebesborn, lugares onde acontecia verdadeira reprodução humana em escala industrial. Seu objetivo geral era incrementar a expansão da raça ariana através do controle biológico além da educação das chamadas “crianças SS”.

    Estes Lesbsborn, no início, também eram creches. Mais tarde, mães solteiras começaram deixar seus filhos ali. Outras que entravam dentro dos requisitos raciais (arianas puras) engravidavam dos SS para terem futuros soldados. Outra temática decorrente da superioridade racial é o Espaço vital . Os historiadores nazistas, diziam que a própria apontava para um fato que é a motriz da história. Este fato é a luta entre dois povos desiguais pelo seu espaço vital. Pois quando um povo se multiplica, precisa de um habitat físico maior, surgindo assim as guerras territoriais. Este fato vai ser pretexto para a sede nazista por novos territórios.

    Idade Contemporânea - História Geral - Brasil Escola

    Participação: 2 comentáriosAvaliação:

    * Rudney comentou em 27/11/2007 00:03:44:

    Além de interessante e inteligente, o considero um líder corajoso e perito nas artes da guerra. Por pouco não consegue seu objetivo. Porém, ele também mostrava ter idéias doentias sobre a humanidade e sua \"purificação\". Um fato que até hoje acredito que todos se perguntam por que, pois os fatos não revelam a verdade, são apenas deduções.

    * Iasminne comentou em 13/10/2007 20:03:45:

    Hitler e um homem interessante e muito inteligente.Que pena porque ele nao soube usar essa inteligencia para fazer o bem.

  • Anonymous
    1 decade ago

    Ele sem dúvidas foi um grande líder, cheio de estratégias e super inteligente....pena que essa inteligência foi usada para o mal de tantas pessoas...

    *******FELIZ NATAL*******

  • BJ
    Lv 5
    1 decade ago

    Imagine alguém que não é da raça ariana...

    Baixinho

    Arrogante

    No entanto deveria ser considerado o maior lider de todos os tempos.

    Explico porque: mesmo cometendo atrocidades ele conseguiu ter apoio da maior parte da população alemã...

    Ele promovia a seleção da raça, considerando a raça ariana superior e achava que os demais tinham que ser mortos... Ele não matava, mas alemães matavam pelo que ele pregava: ele que não era ariano! Os Ditos superiores seguiam e obedeciam um ser que não era superior!!! Ele era austríaco e não tinha a pel branca como os autenticos arianos!!! Ele que não era superior conseguiu dominar os ditos superiores.....

    No entanto suas atitudes são totalmente condenáveis, mas não ha como negar que era um Grande Líder... apesar das atrocidades cometidas!

    O único ponto positivo dele que consigo ver é esse, o lider que era...

  • How do you think about the answers? You can sign in to vote the answer.
  • 1 decade ago

    Se é para a simulação de um júri na escola o melhor a fazer é você ir a uma locadora, na seção de Guerra.

    Você vai encontrar vários filmes como o famoso Julgamento de Nuremberg.

    Melhor que isso seria impossível.

    Agora, pelo jeito vc vai ser advogado de defesa.

    Se assim for, entenda, é comum o advogado pedir um acordo porque não encontra em nenhum ponto a inocência do réu.

    Com certeza esse é o caso do sr. Adolf

  • Anonymous
    1 decade ago

    Ele tinha o dom da oratória!!!!!!!!!!!!!!!

    Source(s): euzinha
  • Andrik
    Lv 5
    1 decade ago

    No primeiro site: algumas fotos dele e a árvore genealogica.

    No segundo site: fala o que ele fez para elevar a economia alemã.

    No terceiro site: fala dos últimos momentos de Hitler.

    No quarto site: tem algumas foto da Alemanha na época da guerra

  • 1 decade ago

    Foi por causa de Hiltler que a medicina obteve grandes avanços em algumas técnicas que conhecemos hoje pôs ele pegava seus prisioneiros e os utlizavam em seus experimentos alguns bizarros como o transplante do cérebro

    de um macaco para o de um humano e vice-versa também testava a capacidade humana nas mais diversas "modalidades" alguns exemplos eram quanto tempo uma pessoa poderia aguentar no frio sem estar protegida, quanto sangue uma pessoa poderia perder até antes de ela sucumbir a morte de tão fraca que ela estava,

    utilizava partes de corpos de algumas pessoas e tranplantavam para outras, enfim diversas atrocidades para

    acabar com a sua sede de conhecimento do poder que um ser humano teria e assim fortalecer ainda mais a sua tese de que a raça ariana era a raça perfeita enquanto as outras eram meramente parasitas que habitavam seu espaço. Mas foi através dessas atrocidades que ele mandava que fizessem com seus prisioneiros que a medicina evoluiu ao que conhecemos nos dias atuais.

    Espero ter ajudado no seu trabalho da escola

    Beijos!!!

  • 1 decade ago

    hitler foi um grande extrategista e sempre foi um grande líder.

    ele aproveitou bem o inicio da era da televisão para contagiar a população alemã, ele usou as imagens para resgatar um sentimento nacionalista que ainda existia na alemanha.

  • 1 decade ago

    Pontos positivos?

    Não podemos negar que ele foi um grande líder, afinal convenceu todo um país a um ditatorismo idealista.

    Também é seu ponto forte a persuasão e a boa oratória.

    Mas usou seus pontos fortes para trazer um mal para toda uma nação... e teve o destino merecido: repudiado por todas as gerações do mundo inteiro.

Still have questions? Get your answers by asking now.